Estudantes de Jaboatão garantem vaga na final nacional da IX Olimpíada de Raciocínio Mind Lab

A Secretaria de Educação, Cultura, Esportes, Lazer e Juventude do Jaboatão dos Guararapes acaba de comemorar, ao lado dos alunos da rede municipal, mais uma importante conquista: estudantes da Escola Humberto Barradas, no Engenho Velho, asseguraram vaga na final nacional da IX Olimpíada de Raciocínio da Mind Lab, evento que reúne mais de 110 mil participantes de todas as regiões do Brasil. O torneio é realizado com jogos de raciocínio de tabuleiro e é composto por fases presenciais e online. Mais do que aprender a competir de maneira saudável, as olimpíadas têm como finalidade estimular a capacidade dos alunos de enfrentar desafios, lidar com regras e situações adversas, reagir às emoções, trabalhar em grupo, planejar ações, respeitar o próximo, desenvolver a criatividade, entre outras.

Após a fase interna das escolas, todas as equipes competiram entre si na fase classificatória, online, com competidores de todo o País. Únicos representantes de Pernambuco na disputa, os estudantes Anny Beatriz da Silva Pereira, Yasmim Margarida França dos Santos, João Lucas Regis da Silva, Laís Sthéfanie Vieira Soares, Iago Muniz da Silva, Lucas Ferreira da Silva, Anderson Thienrry Henrry Silva dos Santos e Jandeson da Silva Gama Ferreira conseguiram avançar até a grande final nacional, que acontece em São Paulo, no próximo dia 6 de maio.

Na ocasião, estarão presentes cerca de 100 competidores de todo o Brasil, distribuídos em mais de 20 equipes, todos vencedores da etapa regional. O torneio é dividido em duas categorias: 4º ao 7º ano e 8º ao 9º ano (do Ensino Fundamental).  Todos os vencedores da etapa nacional serão premiados, mas os estudantes de 4º ao 7º ano ainda terão a oportunidade de representar o País na fase internacional da olimpíada, que acontecerá na Ilha de Creta (Grécia), no dia 11 de junho, juntamente com alunos de outros sete países.

De acordo com Sandra Garcia, diretora pedagógica da Mind Lab e responsável pela metodologia, os jogos são uma forma de estimular a participação dos estudantes e reforçar a importância do estudo. “Esse torneio é um instrumento que ajuda a colocar em prática habilidades essenciais para a vida dos estudantes e que estão cada vez mais presentes no currículo educacional”, disse a gestora. “Esperamos que os estudantes do Jaboatão dos Guararapes aprendam e se divirtam muito com a participação em São Paulo, e se saiam bem na competição”, completou Sandra.

X