Na data de 20 de novembro comemora-se em todo o Brasil o Dia da Consciência Negra. A data foi escolhida por coincidir com o dia atribuído à morte de Zumbi dos Palmares, em 1695, um dos maiores líderes negros do Brasil, que lutou pela libertação do povo contra o sistema escravista.

Com objetivo de Promover políticas afirmativas de cultura e promoção da igualdade racial, na perspectiva do resgate, valorização, preservação e disseminação do patrimônio material e imaterial do município do Jaboatão dos Guararapes, hoje (20), a Escola Albenice Maria da Silva e o CEMEI Marcos Freire realizaram apresentações culturais com a temática Afro e o plantio de mudas de Baobá, árvore símbolo da cultura africana.

Patrícia Ferreira, supervisora do CEMEI Marcos Freire, falou sobre a importância de trabalhar com seus alunos temas voltados à cultura africana. “O evento foi muito gratificante, pois trouxe a vivência da cultura africana, muito importante para a formação do povo brasileiro. O dia da consciência negra nos remete a conhecer melhor a cultura Afro e nos faz refletir sobre valores importantes para a formação do ser humano, tais como igualdade, respeito ao próximo, amor e liberdade”, afirmou.

As comemorações nas duas unidades de ensino foram concluídas com os estudantes realizando o plantio de mudas de Baobá em suas respectivas escolas, eternizando a homenagem ao povo africano.

X